09 junho 2014

Novidades e vida nova

Há dois meses deixei - com tristeza de escrever rotineiramente no blog - com muito pesar. Acho interessante contar pra vocês, porque muita gente as vezes desiste dos objetivos ou acha que não vai alcançá-los.



Sou jornalista formada há 10 anos ! Nossa, passa rápido. E sempre quis também, atuar no Direito (acho que por influencia de algumas pessoas que admiro muito, uma delas, meu pai!). Por isso em 2009 (no mesmo semestre que casei - foi uma loucura) voltei para os bancos da facul e comecei de novo, assim: atuando em direito, escrevendo nos meus antigos blogs, fazendo outros cursos.

Nunca tive preguiça e sempre me sobrou força de vontade. Então organizei minha vida assim: trabalhando na redação da TV das 6 horas as 13 horas e estudando à tarde ( das 13h30 as 19h) . Nem sempre consegui sair no horário certo da redação, nem sempre consegui chegar no primeiro horário das aulas. Então resolvi "apertar" mais o passo e me matriculei em aulas até a noite, ou seja, 22h30. Foi muito, muito cansativo, mas sempre tentei manter o ritmo, mesmo passando mais tempo na PUC do que em casa e com meu marido (porque também trabalho aos finais de semana - sábado ou domingo - vida de jornalista é muito difícil).


Em 2013 comecei a fazer um pós graduação (como arrumei tempo? Pós Virtual) porque achei que seria de grande contribuição para o curso e para minha monografia. Então minha vida ficou assim; trabalhar, estudar e estudar, e escrever no blog (meu hobby preferido!).


Esse ano resolvi apertar ainda mais minha vida - já pensando que seria pesado mais compensador por causa do  semestre "reduzido" com a Lei da Copa - e me matriculei em todas as matérias que faltavam para formar: entendam - monografia, e outras 9 (depois descobri que uma das matérias se dividia em 2...) então totalizando 12 matérias. Também nesse mesmo tempo, decidi estudar para fazer o exame da OAB - passei na 1a etapa! e decidi me dedicar para a segunda na "repescagem" ( juro que não consegui mais tempo para encaixar os estudos, se não, encaixaria). 


Quando a coisa apertou - agora no final do semestre - tive que deixar de escrever para o Coisas de Madame. No início achei que daria conta - nas "horas vagas" , mas o tempo foi passando: não tinha cabeça, não encontrava o texto, não tinha ânimo porque os livros de direito ocupavam minha vida. 


E mais, continuei com a pós e ainda tinha um projeto muito, muito maior: engravidar.

Assim, tive uma gravidez completamente planejada  e fui muito feliz, porque casou certinho já que não queria me sacrificar mais, além do baby, tendo essa vida tão corrida. E deu certo, engravidei em fevereiro, e terminei as aulas agora em Junho. 

Fiz um resumo básico e acreditem, minhas notas na PUC foram ótimas, passei na OAB, passei pelos momentos barra do primeiro trimestre da gravidez (leiam: enjoo matinal, enjoo a noite, horas e horas de estudo, stress, insônia, dor de estômago, mal humor...rsrs).


Agora estou de volta, dedicada e com muito mais tempo. Então, o que vou dizer aqui parece e é super clichê, mas me sinto na posição de dar a dica: invista nos seus objetivos, tenha perseverança e NUNCA desista ! 


Karina Novy

;~)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...