24 junho 2013

Dicas de um viajante rodado


Hoje quero apresentar a vocês meu novo fantástico e viajante colaborador: Guilherme Scheibe, mais conhecido por marido (hehe).

O trabalho dele demanda viagens e mais viagens pelo Brasil e mundo. Depois de passar por situações das mais diversas e inusitadas, ele teve a brilhante ideia de criar um mini guia e compartilhar dicas de viagem que só quem realmente viaja muito pode dar.  

É muito interessante e curioso, vou compartilhar uma por semana, vale a pena ler !

Viajar é ótimo, seja a passeio ou a trabalho, pois de uma forma ou outra te permite conhecer novos lugares e vivenciar novas culturas.

Existe porém coisas que apenas a experiência nos proporciona, seja aprendendo com os outros ou mesmo vivenciando situações boas ou desagradáveis. É com essa experiência que venho ao longo dos anos criando alguns hábitos que já me ajudaram bastante e aproveito para compartilhar com vocês em forma de dicas, sendo essas em geral muito além das que normalmente vemos por aí.

O objetivo dessas dicas não é apenas tornar sua viagem melhor, mas evitar problemas e amolações desnecessárias. Muitas delas servem tanto para viagens nacionais quanto internacionais, porém é importante tomar alguns cuidados especiais quando você for para fora do Brasil. Espero que gostem !

Dica 1: NÃO PERCA O TICKET E TIRE FOTO DA MALA

Vocês já tiveram aquela sensação de vazio ao esperar a mala sair na esteira em algum lugar do mundo? Vai todo mundo indo embora, de repente aquelas 100 pessoas são umas 5 até que sobra apenas você e algum outro desafortunado. Pois é, você chegou mas sua mala não.

Agora é hora de fazer uma solicitação formal e preencher a papelada. Quando você vai a cia aérea para informar que sua mala não chegou, a primeira coisa que eles te pedem é o ticket , por isso vai a primeira dica : não perca o ticket da mala! 

Algumas cias aéreas tem sistemas automatizados de rastreamento que eles conseguem quase que imediatamente informar onde ela está, se ela embarcou para o voo ou se foi parar em algum outro lugar do mundo, o que acontece as vezes.

O ponto comum é que além disso, todas vão te pedir uma descrição detalhada da mala. A descrição inclui o formato, cor, marca, se tem rodas, alças e alguns outros detalhes.

Tudo bem que não são informações tão difíceis de passar, mas nada melhor que ter uma foto em mãos. Não estou falando em tirar foto da mala aberta, da mala arrumada como alguns sites às vezes recomendam, mas falo em você usar seu celular ou sua máquina e tirar uma foto simples que te permita detalhar todos os pontos necessários e não deixar dúvidas de que aquela é a sua mala.

Até a próxima ! 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...