17 outubro 2012

50 e cinquenta tons de cinza



Cinquenta Tons de Cinza. Livro da moda, maior best seller da atualidade e mais vendido de todos os tempos. Fenômeno maior que Harry Potter! Um romance erótico com 40 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo. 
É o primeiro da trilogia composta ainda por Cinquenta Tons Mais Escuros e Cinquenta Tons de Liberdade, ambos no mesmo contexto erótico adulto juvenil.

O que achei do livro? Me incomodou muito todo  a narrativa em primeira pessoa: estou fazendo , pegando, comendo, tocando. 
A segunda parte que me irritou mais ainda foram os jargões e palavras repetidas incansavelmente, em cada página do livro. Portanto, quem quiser encarar precisa de espírito aberto para os: deusa interior, quarto vermelho da dor, morder os lábios, revirar os olhos e papel laminado (refere-se a camisinha). Impossível não se ler uma dessas palavritas  a cada duas páginas do livro! 
E ainda, ter muita, muita paciência para o romance "teen" com direito a : "desliga o telefone", "desliga você", " desliga você primeiro".....

Sobre a história ficcional gira em torno da personagem Ana, uma virgem de 22 anos (existe??), meio insegura, meio boba, meio ingênua e que, de repente e por acaso, descobre o sexo nas mãos de um homem perfeito, Christian Grey  (daí o trocadilho com os Tons de Cinza) que é lindo, claro que bilionário e que além de ser  incansável no sexo e  adorar satisfazer as mulheres, curte as "artes ocultas" do sadomasoquismo..... (aliás depois que as autoras acharam o personagem perfeito é só mudar as histórias: lindo, rico, musculoso,  apaixonado, fiel e louco por sexo, quem não quer???)

Confesso que a história em si, pelo menos do primeiro livro, não é nada "óooo". Tirando o "hard sex" (provável motivo de todo esse sucesso) sem censura nas palavras, o resto é muito inspirado mesmo na saga Crespúsculo (como divulgou a própria autora) e sinceramente, Crespúsculo dá mais vontade de ler, tem mais ação. A outra parte, a erótica, sim, é no mínimo " muy caliente". O livro tem  90% descrição dos atos sexuais dos dois, 10% de história fraca. 

Ainda assim, mesmo que por curiosidade (se for só pelo sexo vá direito para a página 100), mesmo que para criticar ou amar, recomendo a leitura que é muito " enriquecedora" no sentido sensual e sexual da palavra ! 
Dá para aprender uns truques ou ensinar para o companheiro (a) caso ele (a) não queira ler ; ^)

Up Grade: leia mais críticas sobre os outros livros aquiaqui 

Cinquenta tons de cinza
480 páginas







Cinquenta tons mais escuros
512 páginas


Cinquenta tons de liberdade
544 páginas

Lançamento em 1° de novembro





Gostou? Comente abaixo !!

4 comentários:

  1. OI KARINA TD BEM??? SOU EU ISABELA :))
    MENINA TB CONCORDO COM VC SOBRE A REPETIÇÃO AS VEZES ENCHE O SACO MESMO, MAS AMEI O LIVRO E COMO DISSE "CALIENTE DEMAIS " RSRSRSSR

    ResponderExcluir
  2. Li e só gostei da parte dos joguinhos sexuais mesmo...muita preguiça para a história "romantica" dos dois

    ResponderExcluir
  3. Cara, vc ta de parabéns ! Narrou muito bem a história e escreveu aqui tudo o que eu penso do livro. E realmente a repetição das é palavras é cansativa, cheguei até a contar quantas vezes ela fala :'putamerda', mas aí no meio da contagem eu me perdi. Tbm só gostei das partes mais 'quentes' pq o resto é chato !

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...