20 setembro 2012

O que vc precisa saber sobre os EUA e que ninguém te falou


Com nossa economia em alta e a dos nossos amigos norte americanos, não tão aquecida assim, nos tornamos a bola da vez no Tio Sam. Se antes éramos os "muchachos" e eles nem sabiam que aqui se fala português, agora a nossa língua virou moda. Muito comum vendedores se esforçando para falar o português e muitos que até falam! 
Tudo isso graças a brasileirada que com o visto "facilitado" resolveu  embarcar para o norte do continente e estourar todos os Visa, Master e Amex.

Tem muito marinheiro de, literalmente, primeira viagem por aí (sim cruzei com dezenas deles nos aeroportos) e que muito precisam sabem do American Way pra não estranhar (e nem sou tão expert).

Por isso, seguem as dicas:


- Americanos são diretos, não são como nos mineiros da fala arrastada e da delonga no papo. Quem nunca ouviu por aí a frase: time is money 
Portanto, não estranhe se te derem uma resposta direta. Não é falta de educação, é objetividade;

- Alguns  americanos (alguns mesmo) não gostam de atender principalmente nós latinos, não espere um sorriso;

- Alguns vendedores são binários, só falam sim e não. Eles seguem o by the booking (normas), não estranhe; 

- Deixe a indecisão para o Brasil. Como disse "tempo é dinheiro", portanto, ao entrar na fila do caixa esteja decidido. Não atrase a fila e não espere um sorriso;

- Nos shoppings e outlets tem vendedores que te abordam para vender aqueles cremes do mar morto ou algo do tipo. 
Se não quer basta falar não e sair. Não precisa de ficar com dó ou vergonha. Como disse, eles são objetivos;

- As porções de comida em geral são imensas. Não fique intimidado em deixar metade no prato. E se come pouco, pode pedir uma e "meiar" com alguém, sem medo ser feliz;

- Se está viajando pela primeira vez e não fala inglês, não tenha medo. 
Como disse, eles estão esforçando para falar o português nas cidades turísticas. Você pode também tentar o meio termo: portunhol. Normalmente, os atendentes são bilingues. 
E quando for para comprar, melhor ainda. É só passar o cartão de crédito, nem precisa falar nada !!!

- O sistema de pagamento da maioria do comércio dos EUA é self service. Hã? Sim. Entegue as coisas para a vendedora passar na leitora, confira o total que normalmente fica exposto numa telinha pequena virada pra você. É nela que você passa seu credit card, confirma a compra e assina com uma canetinha que fica presa a essa máquina. Normalmente, as máquinas não vão pedir a senha, como aqui no Brasil;

- Trabalhadores vivem de gorjeta, portanto, sempre vão esperar isso de você. Desde o carregador de mala do aeroporto (que pode utilíssimo na volta, quando você tiver trazendo o mundo de volta pra casa dentro das malas!), até o taxista (mesmo se tiver combinado o preço da corrida!) , o entregador da pizza, o garçom, e o entregador de papel higiêncio de banheiro (sim, eles existem).
Lembre que gorjeta NÃO é obrigatória. Pague o que realmente acha que vale. 
Normalmente esperam de você 15% do valor da conta (e ainda é do valor total, depois de incluídas as taxas !auauau), mas tem lugares que apontam para 20% na conta. Ainda assim, você pode cortar e deixar o que quiser;

- O preço que você vai pagar pelas coisas e serviçoes não é o da etiqueta
Nos EUA, os preços dos produtos são separados dos impostos. Ou seja, o preço que você vê é o do produto livre das taxas, mas lá no caixa você vai pagar o valor da coisas + os impostos. 
Cada Estado tem uma diferente. Em NYC é de 8,374%, em Miami 7%;

- Essa dica vale para todas as viagens: se gostou de algo compre !
Raramente você vai ter tempo de voltar para compra-la. Se depois desistir daquela blusinha que ficou apertada,  quando chegar em casa você  passa pra frente!;

- Se seu tempo está maior na mesma cidade e ainda assim corrido, compre pela net e mande entregar no hotel, realmente vale a pena !
Dê uma olhada no site Amazon.com, Ulta.com. Só fique atento ao prazo para a entrega, e se o produto está saindo dos Estates mesmo, porque se for da China por exemplo, você corre o risco de ir embora sem ver o produto;

- no aeroporto, lembre que você vai passar pelas fiscalizações. Viaje com roupas práticas de serem tiradas. Indico levar um casaco com bolso de fecho.
Não seja bobo e esqueça: não é permitido levar a bordo dos aviões:   
- líquidos (refri, perfume, água de coco, loções etc)
- pastosos (tubo gigante de pasta de dente, cremes), - objetos cortantes( sim. Sua lixa de unha metal não pode!)
- objetos que fazem fogo (como isqueiro)  
- nem precisa falar de armas ....
Se vai levar essas coisas (fora a armas que tem outro procedimento) despache na sua mala de viagem. Evite constrangimentos!

- Sim, ao chegar na fila para a fiscalização dos aeroportos nos EUA você precisa tirar o sapato. TODO mundo tira e coloca na cestinha para passar no raio X. Eles também obrigam a tirar o casaco, cinto, relógio, celular. Tire tudo, coloque na bandeja e passe somente com a roupa do corpo. 
E sim, você será escaneado por uma máquina que vê até sua alma. Tem que colocar as mãos pra cima, abrir as pernas (tem umas pegadas amarelas para  pisar) e olhar pra câmera.
E ainda, eles podem te vistoriar pra saber se você tem resíduo de pólvora ou drogas nas mãos. Eles não te pedem permissão. Mandam abrir as mãos e aplicam o produto. Fazem o teste e o resultado sai na hora!

- Lembre que há regras para consumir bebidas alcoólicas em via pública (normalmente é proibido) e punições severas pra quem bebe e dirige.Lembre que você nao esta no país do oba oba!

- Não jogue papel e sujeira no chão para não passar vergonha !

Gostaram?
Quer uma cópia dos meus roteiros de viagem? 
Deixe o recado e seu email abaixo que respondo !
; ^ )

3 comentários:

  1. Olá! gostei muito! Vc pode me mandar um roteiro de NY?
    ha e também uma duvida, é necessario levar o Rg pra viagem? Visto que o passaporte ja é um doc?
    Obrigada

    jessicamaiara2@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Olá. Sempre ando com minha id ou carteira de motorista, mas é mania. Quando a gente sai do país o documento oficial fica sendo o passaporte mesmo.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...